Blog

« Volver

Tendências futuras para os MOOCs

Por Valdir Lamim-Guedes
 

No webinar Tutoria em EaD, realizado no dia 2 de outubro de 2018, abordou-se a mediação na educação online. Partiu-se das possibilidades educativas que surgiram com o desenvolvimento e popularização da internet, discutiram-se aspectos do planejamento de cursos online, teorias de ensino-aprendizagem e a importância da tutoria (mediação). 

Veja a gravação do webinar Tutoria em EaD.
 
Durante este webinar, foi dada atenção aos MOOCs (Massive Open On-line Courses), oferecidos por plataformas como a MiríadaX, visando especialmente sua história e o perfil atual dos cursos oferecidos. Para darmos continuidade a este debate, trataremos neste texto das perspectivas futuras para os MOOCs: o que podemos esperar para os próximos 5 anos?
 
Algumas respostas para esta pergunta estão disponíveis no estudo Horizon Report: 2018 Higher Education Edition, publicado em agosto/2018, resultado de uma pesquisa conduzida pelo EDUCAUSE Learning Initiative (ELI), que envolveu 71 especialistas. Este estudo traz uma avaliação para os próximos 5 anos do impacto de práticas inovadoras e novas tecnologias no ensino superior, incluindo a contribuição dos MOOCs, no mundo todo.
 
O Horizon Report 2018 apresenta três pontos-chave para a adoção de novas tecnologias no ensino superior: 
 
Curto prazo (1 a 2 anos) - a tendência crescente em avaliação da aprendizagem, incluindo o redesenho de espaços de ensino-aprendizagem.
Médio prazo (3 a 5 anos) – a ampliação da adoção de Recursos Educacionais Abertos (REAs).
Longo prazo (5 anos ou mais) - mudanças na cultura de inovação e colaboração entre instituições e intersetorial. 
 
As plataformas MOOCs permitem várias formas de avaliar a aprendizagem, incluindo habilidades como o trabalho em grupo e a capacidade de interação em diferentes contextos. Por outro lado, elas ampliam os espaços de ensino-aprendizagem nas instituições de ensino superior, permitindo que os alunos escolham cursos mais adequados aos seus interesses, buscando complementar sua formação, além de permitir o oferecimento de cursos de extensão para o público externo e a formação continuada de funcionários e professores. 
 
Geralmente, os MOOCs adotam REAs, assim como podem gerar este tipo de recurso educacional durante os cursos, a partir de práticas colaborativas. Assim, ao colocar um grande número de pessoas em contato online, faz as sugestões de recursos e estratégias didáticas serem compartilhadas, ampliando o repertório dos participantes, sobretudo dos educadores. De forma semelhante, contribui para a colaboração interinstitucional e intersetorial, sobretudo quando se trata de temas de interesse comum, como políticas públicas ou perfil do egresso. 
 
O Horizon Report 2018 cita os MOOCs em duas situações: “igualdade digital” e “repensando o papel dos educadores”. 
 
Igualdade digital -  Apesar da ampliação do acesso à internet, ainda existem muitas barreiras, como o acesso à banda larga, tanto nas instituições, como em ambientes domésticos. Isto impõe dificuldades para minorias, como pessoas pobres e mulheres, que se colocam como impeditivos para a educação e para o pleno exercício da cidadania. No Horizon Report 2018, este ponto-chave é abordado no contexto das mudanças significativas para a adoção de tecnologias nas instituições de ensino superior, sendo considerado de difícil implementação, no sentido de ser um problema conhecido, mas que tem soluções complicadas. Segundo o relatório, diversos países relataram um aumento no número de concluintes de ensino superior devido à adoção de MOOCs, pois foram ampliadas as oportunidades de aprendizagem à distância e REAs.
 
Por exemplo, na Ásia, segundo o relatório, as populações de baixa e média renda constituem 80% dos usuários dos MOOCs, demonstrando o relevante papel de ampliação da igualdade digital desempenhado pela plataforma. 
 
Repensando o papel dos educadores - esta discussão está pautada na mudança de cursos centrados no professor para aqueles com foco nos alunos. Aliado a isto, está a perspectiva do professor como gerador de conteúdo, até mesmo disponibilizando-o como REA ou através de um MOOC, com uma maior variedade na adoção de tecnologias para ampliar a interação on-line e autoria colaborativa e formação continuada dos educadores. O relatório assume este ponto-chave como muito complicado, tanto pela dificuldade em definir qual seria o papel dos educadores, quanto por quais ações tomar para implementar mudanças nas instituições. 
 
De forma geral, podemos considerar que, para os próximos cinco anos, os MOOCs continuarão ampliando em número de cursos e variedade de plataformas, assim como também se diversificarão os papéis neles desempenhados, inclusive com a ampliação da inclusão de pessoas com deficiência e o desenvolvimento de processos educativos mais personalizáveis.
 
Quais vocês acreditam que serão as tendências para os MOOCs nos próximos cinco anos? Comentem!
 

Leia mais: Universidades devem acelerar inovação em avaliações e espaços de aprendizagem (texto publicado no site Porvir sobre o Horizon Report 2018).

----

Valdir Lamim-Guedes é biólogo e Mestre em ecologia pela Universidade Federal de Ouro Preto, Especialista em Jornalismo Científico (UNICAMP), Educação Ambiental (USP-SC) e em Design Instrucional para EaD (UNIFEI). É aluno do programa de doutorado em Educação da FEUSP, onde estuda a formação de educadores ambientais em ambientes digitais. É professor de graduação e pós-graduação de cursos presenciais e on-line no Centro Universitário Senac-Santo Amaro (São Paulo-SP). Desenvolve projetos de pesquisa em meio ambiente e sustentabilidade, Educação à Distância e Educação Ambiental. Têm experiência como professor conteudista, Designer Instrucional, Professor Coordenador de Disciplina e tutor em cursos à distância (UFLA, UFOP, USP, UNESP, IF do Sul de Minas, Fundação Parque Tecnológico Itaipu e Senac). Em 2012, foi professor-visitante na Universidade Nacional de Timor-Leste, Díli, Timor-Leste.

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/valdir-lamim-guedes-0a0a2045/

Blog: https://naraiz.wordpress.com/

Comentarios
buenas tardes, por el curso de ¿nos nutrimos o solo nos alimentamos? que lo finalice y lo aprove me gustaria saber por la certificacion, trato de enviarles correos pero no me deja la pagina enviarselos.

Categorías

¡Descárgate la guía!